Entenda como cultivar um bom relacionamento entre pais e filhos

Educação familiar
14 | 07 | 2021

Não é segredo nenhum que o relacionamento entre pais e filhos é muito importante e influencia diretamente na vida de ambos. Afinal, é a partir dessa relação que a criança se desenvolve, começa a se perceber no mundo, aprende as primeiras noções de sociabilização e absorve comportamentos. 

Por outro lado, ninguém nasce sabendo ser pai e mãe, mas por meio desta interação é possível compreender alguns caminhos e criar os filhos. Embora existam muitas formas, nem sempre é fácil manter uma boa conexão com os filhos, especialmente ao passar do tempo e durante a adolescência. 

Então, como identificar os desafios e cultivar o relacionamento entre pais e filhos? Confira, a seguir, algumas ideias e dicas simples para implementar no dia a dia de forma a contribuir para uma boa relação!

Os desafios da relação entre pais e filhos

Antes de dar um passo adiante e conhecer estratégias práticas para a melhora no relacionamento entre pais e filhos, vale a pena refletir sobre os desafios que podem surgir ao longo dessa relação. É fato que nos primeiros anos de vida as crianças demandam muita atenção e por conta do cansaço, estresse, trabalho e inúmeras responsabilidades, os pais nem sempre conseguem estar presentes da forma como gostariam.

Por outro lado, quando as crianças crescem e chegam à adolescência, muitos pais podem encontrar dificuldades de estabelecer uma boa comunicação com os filhos. De certa forma, pode até parecer que ambos não falam a mesma língua, tal o desafio de conversar ou chegar a um entendimento. Os conflitos aparecem e, por uma necessidade de autoafirmação, poucos adolescentes dão o braço a torcer para os pais.

Mesmo que possa parecer um cabo de guerra sem fim, com os pais puxando de um lado e os filhos de outro, existem formas de melhorar a convivência e incentivar a aproximação. Infelizmente, não há receita mágica, mas incluindo algumas práticas e ajustando comportamentos é possível cultivar o relacionamento entre pais e filhos e deixá-lo ainda melhor.

5 dicas para um bom relacionamento entre pais e filhos

1. Esteja presente

O relacionamento entre pais e filhos precisa de presença. Mesmo que a rotina seja desgastante e cansativa, você pode se fazer mais presente e conviver mais com os filhos. Reserve algum período do dia para fazer uma atividade com eles, brincar ou apenas conversar. Quando houver uma atividade na escola, como feira de ciências, marque presença e vá prestigiá-los.

Isso faz com que as crianças e adolescentes se sintam importantes e reconhecidos, além de aproximar os familiares.

2. Converse e faça elogios

Conversar mais é outra dica importante para ampliar o relacionamento entre pais e filhos. Ao longo do dia, puxe conversa e crie oportunidades para ter um bom bate-papo. Pode começar com a famosa pergunta “como foi na escola?”, por exemplo, ou demonstrando interesse por algo que seu filho goste.

Elogie seus filhos e não deixe as conquistas deles passarem despercebidas. Essas duas atitudes demonstram que você tem interesse no que eles têm para dizer e reforçam a autoestima tanto das crianças pequenas quanto dos adolescentes.

3. Escute atentamente seus filhos

Além de estar presente, conversar e elogiar os filhos, é fundamental escutar atentamente o que eles têm a dizer. Preste atenção no que a criança diz e demonstre que está interessado no que ela está falando. Ao longo dessa escuta ativa, tente ainda se colocar no lugar dos seus filhos, considerando a idade deles e o que eles sabem.

Muitas situações de conflito, por exemplo, podem ser melhor resolvidas com essa prática. Isso também favorece a proximidade e ainda estreita o relacionamento entre pais e filhos.

4. Deixe o celular de lado durante as interações

Quando estiver com seus filhos, faça um esforço e deixe de lado o celular durante as interações. Parece algo tão simples, mas já reparou quanto tempo passamos com o aparelho na mão, sem dar a devida atenção ao que realmente importa?

Então, quando reservar um tempo de qualidade com os filhos, desligue ou silencie o telefone, mesmo que seja por alguns minutos. Evite o que não é urgente e mostre para eles que o foco daquele momento está no relacionamento entre pais e filhos.

5. Participe do processo de aprendizagem

Por fim, para cultivar o bom relacionamento entre pais e filhos é essencial a participação no processo de aprendizagem. Para tanto, acompanhe o desempenho das suas crianças na escola, verifique a lição de casa e ajude quando for possível. Além de ensinar o que sabe, você pode aprender com eles, uma vez que tais trocas favorecem o convívio e fortalecem os laços familiares.

Sem dúvidas, existem muitos caminhos para ampliar o bom relacionamento entre pais e filhos, e esperamos que as sugestões possam ajudar você de alguma forma. 

Conhece mais alguma estratégia que ajude a fortalecer o vínculo entre pais e filhos? Comente aqui embaixo, vamos adorar saber!

Gostou das estratégias que sugerimos? Compartilhe nas redes sociais para que outros pais e filhos possam aplicar essas técnicas em casa!

Leia também

Assuntos Relacionados