O que é insegurança emocional e como lidar

Educação familiar
29 | 09 | 2021

Existem diversas situações que podem gerar dúvidas sobre sua imagem e a própria capacidade — para lidar com elas, é preciso entender o que é insegurança emocional e como isso pode ser tratado.

Isso porque ela pode trazer diversos impactos para o dia a dia, afetando a vida pessoal e profissional, o trabalho e os estudos. Geralmente, isso acontece por surgirem sentimentos que impedem que você realize tarefas comuns ou sinta que não merece suas conquistas.

Para ajudar, preparamos este conteúdo esclarecendo o que é insegurança emocional, os principais sintomas e como é possível tratar essa questão. Acompanhe!

O que é insegurança emocional?

A insegurança emocional consiste em um estado em que as pessoas costumam apresentar um sentimento de inferioridade. Por consequência, surgem diversas sensações de incapacidade, que podem envolver conclusão de tarefas, realizações específicas e, até mesmo, a possibilidade de ser amado.

O sentimento de insegurança é natural, assim como o de segurança. No entanto, quando ela se apresenta de modo excessivo e constante, pode trazer diversos prejuízos. O medo de julgamentos, rejeição e críticas pode crescer, trazendo uma paralisação em diversos aspectos da vida.

Como consequência, é comum ter problemas para viver novas oportunidades, manter relações saudáveis e buscar seus objetivos. Na prática, ela se torna uma limitadora em relação ao seu potencial, impedindo suas realizações.

Quais são os principais sintomas?

Muitas vezes, as pessoas passam por problemas relacionados à insegurança emocional, mas não percebem a situação. Com isso, também deixam de tomar medidas adequadas para conseguir lidar com a questão. Portanto, é importante conhecer os principais sintomas. Veja só:

  • sentimento de incapacidade;
  • sentimento de inferioridade;
  • medo de fracassar;
  • dificuldade na tomada de decisões;
  • baixa autoestima;
  • sensação de não merecimento;
  • medo de críticas e rejeição;
  • dependência em relação a outras pessoas;
  • pessimismo;
  • dismorfia corporal;
  • sensação de vulnerabilidade.

Ainda, é possível que o problema se manifeste de outras maneiras, como disfunções na personalidade para descarregar as frustrações ou impressão de que todos querem lhe prejudicar. Logo, é fundamental uma autoanálise para entender se a insegurança emocional está presente em sua vida de modo excessivo e prejudicial.

Como lidar com a insegurança emocional?

Uma dica importante para lidar com a insegurança emocional é procurar suporte psicológico. Com apoio profissional, é possível identificar fatores que colaboram com o desenvolvimento do problema.

Traumas de infância, vivências recorrentes e outras situações podem ser trabalhadas, visando superar as barreiras mentais que impedem seu desenvolvimento pessoal e profissional. Porém, existem outras medidas que ajudam nessa trajetória e podem ser feitas com apoio terapêutico:

  1. Praticar o autoconhecimento

O autoconhecimento consiste em refletir e avaliar a história da sua vida, pontos fortes e fracos, maneira de se relacionar com as pessoas e agir diante de diferentes situações, entre outros fatores.

Ele consiste em, de fato, se conhecer. A partir disso, você terá a possibilidade de encontrar as inseguranças existentes, as principais causas e medos relacionados. Identificando as origens do problema, é mais fácil procurar soluções.

  1. Elevar a autoestima

A insegurança emocional tem bastante relação com a autoestima, então é essencial trabalhá-la para combater o problema. Sabemos que essa não é uma tarefa simples, mas existem dicas que podem ajudar nesse caminho. Confira:

  • trabalhe uma postura mais positiva sobre você;
  • evite comparações com outras pessoas;
  • reduza o uso de redes sociais;
  • seja compassivo com seus erros;
  • avalie o que funciona na sua rotina;
  • não generalize suas experiências — novas oportunidades podem mudá-las.
  1. Avaliar crenças limitantes e objetivos pessoais

Você sabe o que são crenças limitantes? Elas são questões que impedem você de realizar determinadas tarefas ou objetivos por não acreditar em si. Portanto, é necessário fazer reflexões para entender quais se aplicam em sua vida, relacionando-as com seus objetivos pessoais.

Dessa maneira, você pode trazer maior racionalidade para cada questão e combater as crenças limitantes, criando caminhos e estratégias específicas que ajudarão nas conquistas, mostrando que isso é realmente possível.

Agora que você sabe o que é insegurança emocional e como lidar com o problema, tenha atenção aos sintomas e procure apoio profissional. Isso ajudará a melhorar a autoestima e ter mais qualidade de vida.

Quer acompanhar outras dicas importantes? Siga nossas páginas nas redes sociais e confira as atualizações. Estamos no Facebook, Instagram e LinkedIn!

Professor Coruja

Leia também

Assuntos Relacionados