Vai começar sua vida profissional? Veja 10 passos para se dar bem

Vida Profissional
27 | 10 | 2021

Muitos jovens têm como sonho dispor de uma vida profissional bem-sucedida, independentemente da carreira escolhida. Isso envolve diversos fatores, como conquistar um bom salário, ter reconhecimento no mercado ou, até mesmo, tornar-se referência quando se trata de determinados assuntos ou serviços.

Os objetivos podem ser conquistados ao longo do tempo, mas é preciso ter dedicação e estudar constantemente para continuar crescendo e se destacando. Porém, ao pensar nisso, é comum que surjam diversos desafios, como a insegurança e a dificuldade de encontrar oportunidades.

Isso também acontece com você? Para te ajudar a superar os obstáculos que podem surgir no caminho, listamos 10 passos para ter sucesso ao começar sua vida profissional. Continue lendo e saiba mais!

1. Faça uma avaliação interna

Para construir uma carreira de sucesso, você precisa olhar para si, buscando autoconhecimento com objetivo de saber o que pretende conquistar, quais são seus pontos fortes e o que precisa ser trabalhado para conseguir trilhar o caminho pretendido.

É comum, por exemplo, não ter certeza sobre qual carreira seguir, qual faculdade cursar e outros detalhes sobre a profissão. Assim, o conhecimento sobre suas habilidades, capacidades, desejos e dificuldades podem ajudar a identificar as possibilidades.

Depois, você pode contar com testes vocacionais, cursos e vivências em diferentes áreas para descobrir qual é a carreira mais alinhada. Além disso, tenha em mente que nada impede que, no futuro, você mude de profissão.

Muitas pessoas passam por mudanças profissionais após anos ao se identificarem com novas habilidades ou descobrirem que outros caminhos podem ser mais satisfatórios. De qualquer modo, sua jornada trará experiências enriquecedoras.

2. Pesquise o mercado

Pesquisar o mercado significa entender quais são as tendências, o que as empresas ou clientes procuram e identificar as oportunidades que isso pode trazer conforme seus planos. Isso ajudará a identificar possíveis caminhos ou, até mesmo, necessidades específicas de organizações que podem se transformar em um diferencial no seu currículo.

Também vale pesquisar as oportunidades de emprego, salários médios e requisitos exigidos nos processos seletivos, para buscar formas de aprimorar suas habilidades e suprir as necessidades dos negócios. Especialmente para quem procura o primeiro emprego, esse preparo pode auxiliar no momento de conseguir se destacar para os recrutadores. 

3. Invista em uma boa formação

É certo que o mercado valoriza experiências profissionais, mas a capacitação e o conhecimento técnico também são importantes para conseguir se desenvolver na carreira. Isso não significa apenas ter uma graduação: todas as etapas de aprendizado contam para o seu crescimento.

Além do ensino médio, que costuma ser requisito para diversos cargos, ter cursos livres, como os profissionalizantes, pode ser importante para conseguir apresentar diferenciais e demonstrar seu valor para o empregador. Eles também podem ajudar quem deseja atuar como autônomo ou empreendedor.

Contudo, isso não significa que você não deva fazer uma faculdade. Ela complementará o aprendizado e pode ser essencial para determinadas profissões. No entanto, outros tipos de cursos podem ser feitos para auxiliar a busca por colocações antes de conseguir ingressar e finalizar uma graduação, certo?

4. Trabalhe sua resiliência

Resiliência significa conseguir se adaptar às mudanças, superar obstáculos e resistir às situações adversas. Considerando o funcionamento do mercado financeiro e da própria economia, essa é uma característica importante para o desenvolvimento da vida profissional

Afinal, certamente você vai se deparar com dificuldades e desafios. Perda de emprego, negativas em processos seletivos, cancelamentos de contrato e outros fatores são naturais no mercado, mas trazem impactos emocionais.

Assim, é importante ter preparo para lidar com as adversidades e trabalhar a inteligência emocional. Utilizar erros e obstáculos como aprendizado, e continuar evoluindo para ter uma carreira mais sólida. 

5. Invista em networking

O termo networking deriva do inglês: net significa rede, enquanto work remete a trabalho. Logo, ele se refere à criação de uma rede de contatos profissionais, visando o desenvolvimento de relacionamentos no mercado. 

Manter contato com colegas de curso, professores, equipe de trabalho, antigos chefes e líderes pode ajudar na busca por novas colocações. O contato com outros profissionais, ainda que de outras áreas, também pode ser enriquecedor. A troca de experiência, indicações e conhecidos podem auxiliar na procura de oportunidades para se desenvolver. 

Existem diversas dicas que podem ajudar nessa tarefa, como o uso de redes sociais. O LinkedIn, por exemplo, reúne profissionais de diferentes áreas e cargos, inclusive com funcionalidades que permitem procurar novas colocações no mercado. 

Assim, é possível fazer novas conexões e desenvolver relacionamentos em diversos lugares, sem depender apenas da sua empresa atual ou das pessoas com quem você tem contato no dia a dia na escola, na faculdade e em outros locais.

E lembre-se de que o networking deve ser cultivado. Então, mantenha contato com as pessoas, para que elas sempre recordem de você.

6. Desenvolva uma visão global

Ter uma visão global exige que você saiba relacionar os problemas que impactam diretamente suas atividades com aqueles que se referem a outros setores. Isso porque o funcionamento de um negócio exige o alinhamento de diversas áreas

Assim, quando a equipe de trabalho consegue ter essa visão, fica mais fácil antecipar problemas e desenvolver soluções amplas. Na prática, ser um profissional que apresenta essa característica pode ser um diferencial nas contratações e no crescimento dentro de uma organização, possibilitando promoções e evoluções no cargo

7. Busque novos desafios

Um dos erros mais comuns no desenvolvimento da vida profissional é o medo de desafios. Sair da zona de conforto e tentar novas realizações nem sempre é fácil. Entretanto, essas oportunidades podem se tornar o diferencial da carreira.

Muitas vezes, elas podem enriquecer sua vivência, trazer novos conhecimentos e promover o contato com pessoas que serão importantes para o networking. Também é possível que os desafios se convertam em grandes retornos, como promoções e destaque entre outros profissionais da área.

8. Mantenha estudos constantes

Você já aprendeu sobre a importância de uma boa formação para começar a vida profissional, mas para conquistar o sucesso é preciso ter em mente que é preciso estudar constantemente. O mercado passa por várias mudanças e é comum que surjam novos métodos, tendências e conhecimentos a todo momento. 

Assim, o desenvolvimento da carreira exige que você acompanhe todas essas mudanças. Ainda, aprofundar seus conhecimentos para descobrir novas áreas e aprimorar seu trabalho também ajudará a entregar mais valor aos seus clientes ou líderes. Sem dúvidas, ter essa mentalidade desde o início da carreira auxiliará a construí-la com maior solidez. 

9. Saiba trabalhar em equipe

Você sabe trabalhar em equipe? Infelizmente, esse é um ponto que pode trazer dificuldades para os profissionais. Saber dividir tarefas ou pensar em como funcionam etapas anteriores e seguintes, para considerar meios de enriquecer o processo em conjunto com o restante dos colaboradores nem sempre é fácil.

Aceitar opiniões diferentes e conviver com feedbacks também pode ser desafiador. Nesse cenário, vale a pena fazer uma avaliação sobre o seu comportamento para entender se essa é uma situação normal para você ou se o trabalho em equipe gera dificuldades.

No segundo caso, é hora de trabalhar essa habilidade e se adaptar à importância do trabalho em conjunto. O motivo é simples: cada profissional pode ter uma visão específica, além de capacidades e conhecimentos diferenciados. Quando há um trabalho em equipe, é possível unir os benefícios trazidos pelas diferentes visões e vivências, otimizando os resultados apresentados.

Por outro lado, quando há dificuldades em atuar em conjunto, podem surgir ruídos de comunicação, dificuldades na conclusão de processos e aumento de erros. Por esse motivo, muitas empresas valorizam a característica em seus processos seletivos, incluindo dinâmicas e etapas que testam essa capacidade antes da contratação de colaboradores. 

10. Tenha um planejamento

Como você viu, existem diversos passos que podem ajudar quem vai começar a vida profissional. Porém, nem sempre é fácil ou simples colocá-los em prática. Por isso, uma dica importante é se planejar, definindo metas e objetivos para sua carreira.

A partir disso, você poderá identificar os passos necessários para realizar cada item da sua lista e, com o tempo, fazer as adaptações necessárias conforme o seu desenvolvimento. Desse modo, você terá um guia para ajudar a manter o foco e acompanhar seus resultados.

Pronto! Com esses 10 passos para se dar bem na vida profissional, você poderá iniciar sua carreira e crescer. Assim, é possível conseguir melhores colocações no mercado e alcançar diferentes objetivos.

Gostou do conteúdo? Então, que tal aprender ainda mais? Confira nosso artigo sobre o mercado de trabalho para jovens!

Leia também

Assuntos Relacionados